Memórias e reflexões: meu amor por viajar.

Olá galerinha!!!

Olha eu de novo aqui para falar um pouco sobre uma das minhas paixões: viajar! Esses dias parei para refletir sobre meu amor por fazer as malas. Sabe aquele friozinho na barriga quando você ouve a palavra “viagem’? Aquela sensação gostosa que dá quando você começa a planejar seu próximo destino? E a indecisão para escolher onde ir nas próximas férias? Quem nunca ficou sem dormir na noite anterior do embarque atire a primeira pedra… kkkkkk img_20150810_141123

Sim, eu gosto muito de viajar e confesso que não lembrava quando isso tinha começado não, pois desde que me entendo por gente eu sonhava em viajar, conhecer lugares novos, fazer intercâmbio, etc. Sempre tive muita facilidade com idiomas e fui autodidata (aprendi inglês, espanhol, francês e italiano em casa, nos livros, nos discos, nos dicionários…). Então esses dias lembrei da minha primeira experiência de viajar sozinha: eu fui em uma fábrica de refrigerantes, localizada na cidade de Cubatão, aqui do lado da minha cidade, em uma excursão da escola. Eu lembro da ansiedade, de arrumar a mochila com o ‘lanchinho‘ e que eu simplesmente não consegui dormir a noite toda, e mesmo assim, não fiquei com sono durante a visita…. Pode parecer algo “super-chato”, uma visita técnica para fazer um trabalho, pode ter sido algo simples, mas para uma criança que nunca tinha entrado em um ônibus de viagem aquilo era o máximo!!!! ❤

Depois eu tive uma experiência de viajar sozinha para Campos do Jordão. Eu sempre reclamei do calor, desde criança eu não gosto de verão, eu nasci e moro no litoral, mas eu não sei lidar com calor: passo mal, minha pressão fica baixa, eu não curto ficar na praia assando, nem nada disso. Enfim, meu pai já estava muito irritado com toda a reclamação adolescente, no auge dos meus 16 anos (ah se eu soubesse a moleza que era minha vida…. hehehehe), pois eu vivia dizendo que queria me mudar, que quando fosse maior de idade ia embora pra um lugar bem frio, enfim toda aquela revolta típica da idade. Então ele decidiu pagar uma excursão para eu ir sozinha, na mente dele ia me provar que frio é horrível, até porque ele teve uma experiência ruim em uma excursão para Campos e achou que seria a mesma coisa comigo.

img-19-08-01-1

Minha primeira viagem à Campos do Jordão ❤

Bem, eu fiquei com um pouco de medo, minha mãe quase surtou com meu pai, por me mandar sozinha com um monte de gente desconhecida, para tão longe, até porque na época não tinha celular (sim, eu sou velha, kkkk). Mas eu fui, e amei, me apaixonei pela cidade, e foi aí que o bichinho do “Wanderlust” me pegou.

wanderlust-1

Em 2002 eu fiz curso técnico de Turismo e Hotelaria, mas como não consegui pegar meu diploma, eu até tentei conseguir uma vaga para trabalhar na área, entreguei muito currículo, porém eu não tinha inglês fluente e meu espanhol era básico, afinal só sabia o que aprendi na escola e em casa. Naquela época meu sonho era trabalhar em navio, mas também não rolou. Foi nesse curso que tive a oportunidade de pisar em um aeroporto pela primeira vez, assim como fazer minha primeira visita a um museu, o Museu do Ipiranga. Lembro que quando vi aqueles aviões, as pessoas passando com suas malas, eu pensei: “um dia vou voltar aqui para embarcar…” Bem, eu nunca embarquei no aeroporto de Congonhas, somente em Guarulhos, mas eu realizei meu sonho de voar. Hoje eu entendo que trabalhar com turismo e hotelaria simplesmente “não era pra ser”, antigamente eu não me conformava de ter estudado 18 meses e não poder usar meu conhecimento, então coloquei numa gavetinha da minha mente. Porém, eu acredito que conhecimento recebido nunca é perdido, e sei que de alguma forma aquele curso me ajudou bastante a enxergar o turismo de outra forma, de compreender alguns termos e só confirmou minha paixão por viajar!

img-2002

Visita técnica do curso de Turismo ao Aeroporto de Congonhas.

Espero que tenham apreciado um pouco minhas memórias e que estas reflexões tenham inspirado você a sonhar mais alto e desejar realizar seus planos. Viaje, para perto ou longe, dê a você mesmo a oportunidade de conhecer coisas novas e viver experiências incríveis, traga presentes, fotos, mas o mais importante: aproveite cada momento em que estiver lá, viva o presente da vida e esteja presente.

studyabroad_landing

Abraços e até a próxima!

By Silvinha Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s