Educação bilíngue desde a primeira infância

Material que uso no homeschooling

Neste texto vou falar um pouco sobre a nossa experiência de homeschooling bilíngue com a Alice. São muitas perguntas e nem sempre consigo responder a todos direitinho. Como é ter uma criança bilíngue em casa? Por que você decidiu trabalhar esse conceito? Ela já sabe ler e escrever? Alice está com 2 anos e 7 meses, e atualmente está entre as fases Pictórica e de Grafismo Primitivo de alfabetização, segundo classificação da Emília Ferreiro e da Ana Taberosky.

Quem nos conhece e acompanha sabe que decidimos pela educação bilíngue desde sempre. Assim que a Alice nasceu já recebeu estímulos nas duas línguas. Entendemos que seria bom pra ela, e também para nós, pois nos forçava a praticar o inglês em casa. No começo parece que vai dar errado, vai confundir a cabecinha da criança, mas já percebemos o quanto isso ajudou no desenvolvimento dela

O tempo foi passando e percebemos que quando ela começou a fase de aprender a falar o inglês foi sobressaindo (motivo de preocupação para alguns familiares e de estranheza para alguns amigos). Ela escolhia as palavras que queria falar em português e as que preferia falar em inglês… Alice tem muita personalidade! Então aqui em casa nossa comunicação é cheia de code mixing e code switching, não optei por nenhum método fixo e deixei bem livre para ela e pra nós!

(**O code mixing (C.M.) é um processo linguístico natural em bilíngues em que há uma MISTURA das línguas em uma frase e podem ocorrer neologismos, mesclando palavras de uma língua na outra. Ele ocorre principalmente em iniciantes na língua, tanto adultos quanto crianças.

**O code switching (C.S.) também é um processo da linguagem e também é natural do bilinguismo, porém, diferente do C.M. ele é uma ESTRATÉGIA CEREBRAL. Nele ocorre a TROCA de palavras, e não a mistura, sendo que essa troca é algo que foi pensado e decidido pelo cérebro, não um erro comum. Isso ocorre porque nenhuma palavra explicitaria tão bem o seu conceito quanto a escolhida, e algumas vezes é uma palavra na outra língua que se fala. O C.S., por ser uma estratégia, pode ocorrer por toda a vida, mas, conforme for envelhecendo, o cérebro vai se adequando melhor a língua falada.)

**Informações adaptadas do Insta da Louise Furtado Machado (@sou.bilingue)

Quando fui fazer estágio da licenciatura, tive que levar ela para a escolinha, por alguns dias da semana. Foi aí que percebi que ela entrou em uma fase de evitar o inglês. Ouvia a música em inglês e ficava cantando por cima, em português, tentando traduzir do jeito dela. Se eu falava em inglês, ela respondia nervosa em português. Não sei se alguém a corrigiu, ou se percebeu que o português era a língua mais usada pelos coleguinhas e pelos adultos, mas percebi uma certa aversão dela pela L2.

Como já havia lido sobre este tipo de atitude de outras famílias bilíngues, busquei não forçar, deixei ela livre para escolher, não corrigia, nem reclamava se ela não falava em inglês. Aos poucos ela foi se acalmando, e descobri por acaso um canal de inglês/ espanhol, o Canticos, da Nick Jr. Ela amou, e passou a entender que existem outras línguas, que ela pode falar em tantas línguas quiser. Começou até a inventar seu próprio dialeto… O que fizemos???

Bem, tem muito mais para falar sobre este assunto, então fica para um próximo post, ok? Se quiser assistir aos vídeos que posto das atividades com ela, siga meu canal no Youtube:

Sílvia Santos – https://www.youtube.com/channel/UCO3Zl9lJb4ICTynaRN6TxoA

Instagram:

@silvialosantos – Perfil pessoal

@prof.silviasantos – Assessoria Educacional

O que você acha da educação bilíngue? Tem alguma dúvida? Comente aqui e vamos interagir!

Abraços virtuais e até o próximo post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s